No Caramulo, quase a tocar o céu!

No Caramulo, quase a tocar o céu!

No dia 7 de Abril saímos da Escola Secundária de Estarreja em direção à Serra do Caramulo. Tínhamos preparado esta visita de estudo com antecedência e estávamos ansiosos por a iniciar!

Esta saída de campo teve como principal objetivo reconhecer a biodiversidade e a geodiversidade desta região. De facto, achamos muito interessante este local, pois pudemos estudar  ambientes magmáticos, metamórficos e sedimentares e, para além disto, também foi possível observar diferentes tipos de plantas, em particular espécies características da floresta mediterrânica que tornam tão bonita a paisagem!

Globalmente, as saídas de campo são uma forma diferente e mais fácil de aprender, uma vez que estamos em contacto com a natureza e, por isso, aprendemos mais rapidamente as coisas do que se estivéssemos fechados numa sala de aula com um professor a ensinar. Numa sala de aula, acabamos por nos distrair mais facilmente do que se estivermos num ambiente exterior, pois a natureza capta-nos mais a atenção e incentiva-nos a compreender o porquê daquilo que observamos.

Mas há um agradecimento especial a fazer: Obrigado CEISCaramulo!

Em qualquer viagem deste tipo, é necessário um local onde se possa dormir, comer, descansar e, também, conviver.

A vossa ideia de utilizarem uma escola do 1ºCEB desativada que, como muitas no nosso país, poderia estar ao abandono, como Centro de Observação da Natureza, criando condições de alojamento para pequenos grupos é, sem dúvida, uma ideia excelente!

Estamos, por isso, muito gratos por nos permitirem passar estes dois dias na caraterística aldeia de Jueus onde pudemos, também, contar com a simpatia das gentes do Caramulo.

Foram dois dias fantásticos!

Os alunos do 10º B, da Escola Secundária de Estarreja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *